A LUTA CONTINUA! SOU CONTRA A CPMF


>



A LUTA CONTINUA!

A MOBILIZAÇÃO CONTRA A CPMF AGORA É NO SENADO. PARTICIPE!


O intenso e permanente trabalho que a Fiesp e outras centenas de entidades da sociedade civil organizada têm desenvolvido contra o projeto do Governo de recriação da CPMF, é o que poderá reverter o quadro em favor dos interesses da coletividade. Perdemos na Câmara dos Deputados, onde o Governo tem maioria na base aliada, mas, agora, vamos ganhar no Senado, lá é diferente e a independência maior.
Os senadores precisam conhecer a vontade popular de que acabe essa contribuição "provisória" que o Governo pretende tornar definitiva. A CPMF penaliza, em especial, o trabalhador que ganha entre um e 10 salários mínimos. Assim, não podemos esmorecer na mobilização.
Você que apóia o movimento e que já assinou o nosso manifesto continue, sempre, trazendo outras pessoas para a nossa luta. E, por favor, envie por e-mail, telefone para os gabinetes faça o seu pedido de voto contra a CPMF para todos os senadores, dos diferentes partidos no Congresso. Em especial, aos do PSDB. Este é o momento ideal!
"Agora, que o assunto estará sendo debatido na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal, os parlamentares que a integram, e todos os demais daquela Casa, devem receber nossas manifestações contrárias à recriação da CPMF para que, entendendo a vontade popular, possam melhor debater o assunto. Afinal, eles são os representantes do povo que os elegeu", lembra Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
Skaf tem, nas últimas semanas, visitado semanalmente o Congresso Nacional, viajado pelo País dialogando com governadores, e buscado conscientizar senadores de que a CPMF precisa acabar. Os argumentos do presidente da Fiesp são técnicos, frutos de estudos e pesquisas sobre o tema, e não deixam dúvidas quanto à condição do Governo em poder cumprir com todos os seus programas sem a CPMF.
 
A LUTA CONTINUA! SOU CONTRA A CPMF A LUTA CONTINUA! SOU CONTRA A CPMF Revisado by Dani Souto on 15:42 Nota: 5

Nenhum comentário