Diga sim ao “Pilates Legal”!


>




Diga sim ao "Pilates Legal"!

Após a publicação da Resolução No 23/2007 do CREFITO-2, a Associação Brasileira de Pilates Fisioterapêutico (ABPF) vem recebendo inúmeros telefonemas para esclarecimentos sobre o documento. Além disso, a associação tem recebido diversas inscrições de profissionais, não só do RJ, mas também de todo o Brasil que apóiam a iniciativa do CREFITO-2 e acreditam que foi um passo sem precedentes na história da Fisioterapia.
A resolução valoriza as entidades associativas, fortalecendo com isto a profissão e, em especial, os profissionais que trabalham com o Pilates Fisioterapêutico, que não é uma nova forma de Pilates, e sim apenas uma maneira de diferenciar o Pilates ministrado por fisioterapeutas, que segue regras específicas, e o ministrado por outros profissionais.
A ABPF acredita que o Pilates Fisioterapêutico deve ser estudado e ensinado respeitando parâmetros cinesiológicos, biomecânicos, seguindo os princípios do Método Pilates e tendo como base a "Contrology" (Método Pilates), para que não haja distorções deste sistema criado por Joseph H. Pilates. Não cabe à ABPF fazer restrição das linhas existentes do Método Pilates, e sim aceitá-las dentro de suas visões diferenciadas, desde que respeitem os parâmetros citados.
Em relação aos cursos, a ABPF não determina o conteúdo programático destes e nem o que deve ser feito ou a forma como isto ocorrerá. Ela simplesmente disponibiliza parâmetros mínimos para uma boa formação, em conformidade com as principais entidades internacionais. A associação também não faz comparação entre os cursos, apenas confronta o conteúdo programático de um curso, com o objetivo deste, seu material didático, o espaço físico para a realização das aulas e analisa o currículo dos ministrantes, visando manter uma qualidade mínima de formação dos profissionais que irão trabalhar com o Pilates Fisioterapêutico.
Em breve a ABPF irá disponibilizar no site (www.abpfi.com.br) a lista de todos os cursos avaliados e aprovados, bem como de todos os profissionais inscritos.
Participe desta história da Fisioterapia brasileira! Esteja legal, ministre o Pilates Fisioterapêutico e diga sim ao Pilates Legal!

Diga sim ao “Pilates Legal”! Diga sim ao “Pilates Legal”! Revisado by Dani Souto on 10:51 Nota: 5

Nenhum comentário