Manifesto contra o Ato Médico


>




Ato na Praça Rui Barbosa levou informação para as ruas (foto: Jonas Oliveira )












Fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais promoveram manifestações nas principais cidades do Paraná em defesa de sua autonomia e competência profissional, ontem. Em Curitiba, a concentração aconteceu na Praça Rui Barbosa. O movimento pela dignidade no exercício da profissão foi promovido pelo Conselho Regional de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional da 8ª Região (Crefito 8), com o apoio de entidades representativas das duas áreas, associações, sindicatos, instituições de ensino e centros acadêmicos.

Na Praça Rui Barbosa, os organizadores colocaram a serviço da sociedade tendas que ofereciam atendimento gratuito de fisioterapia e explicações sobre a profissão. "O objetivo da manifestação é ostrar para sociedade o que é que o fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional têm para oferecer a sociedade", disse a Fisioterapeuta e Conselheira do Crefito-8, Patrícia Rossafa Branco. Para a fisioterapeuta a frase chave da campanha deste movimento é "A saúde é sua, a responsabilidade é nossa. Exerça a sua liberdade de escolha". 

Cerca de 200 profissionais das duas áreas participaram da manifestação na Praça Rui Barbosa. Os atendimentos à população prosseguriam até o final da tarde feito por estudantes universitários de Fisiotearapia e Terapia Ocupacional.
Hoje, o Diretório Central de Estudantes (DCE) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) promove um debate sobre o Ato Médico, motivo principal da manifestação.

O Ato Médico é um projeto de lei que tramita no Congresso e que prevê como privativas do médico algumas atividades que já são exercidas por outras áreas da área da saúde que já estão, inclusive, regulamentadas no Brasil.
Manifestações também acontecem em Brasília, reunindo além de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais Conselhos Regionais de Biologia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fonoaudiologia,  Nutrição e Psicologia.

Fonte
Manifesto contra o Ato Médico Manifesto contra o Ato Médico Revisado by Dani Souto on 14:00 Nota: 5

Nenhum comentário