Prevenção a problemas posturais é enfocada em lei de autoria de Siufi


>




Estudos demonstraram que aproximadamente 80% da população adulta podem desenvolver problemas posturais, em grande parte associados a disfunções posturais iniciadas ainda na infância e adolescência. Considerando estas estáticas o vereador Paulo Siufi (PMDB), apresentou, aprovou e já foi sancionada a Lei número 5.164/12, que institui programa de educação postural, por meio de fisioterapia no âmbito da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande.
 
Segundo o vereador Paulo Siufi as crianças e adolescentes em idade escolar são particularmente suscetíveis aos problemas posturais, em razão de modificações no sistema ósseo que ocorrem entre 7 e 14 anos, tornando-as mais suscetíveis à má-formação. "Justifica-se assim a importância da atenção aos problemas de correção postural com foco na criança e no adolescente, para corrigir ou evitar desvios posturais comuns nessa faixa etária", afirma Siufi, que também é médico pediatra.
 
Pelo projeto é possível ter uma semana dedicada à correção postural, que será oportuna para propiciar o encontro de conhecimentos e a troca de experiências entre educadores e profissionais da saúde, assim como a informação e a orientação aos pais e aos alunos. O projeto enfoca a prevenção e a reabilitação de alterações posturais em crianças e adolescentes, mas vai conscientizar alunos, professores e pais sobre a necessidade de uma postura adequada.
 
Ainda dentro do programa esta prevista uma avaliação postural no início do ano letivo e uma reavaliação a cada quatro meses. O ambiente escolar também terá orientações ergonômicas de profissionais da fisioterapia, além de um trabalho de estimulo aos alunos sobre o peso ideal de mochilas, atividades de alongamento e exercícios fisioterapêuticos. A lei foi sancionada no dia 28 de dezembro de 2012 e vigora deste a data de sua publicação.
Prevenção a problemas posturais é enfocada em lei de autoria de Siufi Prevenção a problemas posturais é enfocada em lei de autoria de Siufi Revisado by Faça Fisioterapia on 04:15 Nota: 5

Nenhum comentário